Páginas

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

DEUS SE ARREPENDE, TEM BOCA, OLHOS, OUVIDOS?



Encontramos na Bíblia vários textos falando a respeito de Deus. É interessante que alguns textos descrevem atitudes e particularidades a respeito Dele que se parecem muito com as particularidades do ser humano. 

Há quem pense que Deus é um ser corpóreo, com cabeça, tronco e membros, igual aos seres humanos e masculino. Quem acredita nisso usa a passagem bíblica “Deus formou o homem à sua imagem e semelhança”. Porém, nesta passagem o termo “homem” é usado no sentido genérico, ou seja, a raça humana, homem e mulher, e se referindo ao poder de "volição" (Ato pelo qual a vontade se determina a alguma coisa).

Vejamos alguns exemplos:

“E acrescentou: Não me poderás ver a face, porquanto homem nenhum verá a minha face e viverá.” (Ex 33. 20).Deus é descrito aqui tendo um rosto.

“Eu te invoco, ó Deus, pois tu me respondes; inclina-me os ouvidos e acode às minhas palavras.” (Sl 17. 6). Deus é descrito aqui tendo ouvidos.

“Mas assentar-se-á cada um debaixo da sua videira e debaixo da sua figueira, e não haverá quem os espante, porque a boca do SENHOR dos Exércitos o disse.” (Mq 4. 4). Aqui Deus é descrito tendo boca e falando através dela.

Todos esses textos apresentam o antropomorfismo. Essa expressão significa uma figura de linguagem que apresenta Deus como se Ele tivesse formas humanas, como membros e órgãos.

Há também a descrição de Deus como se tivesse sentimentos e emoções como as nossas, que é chamado "Antropopatia".

Antropopatia: ao invés de características físicas, a Deus atribui-se sentimentos humanos. 

“Senhor, não me repreendas na Tua ira, nem me castigues no Teu furor.” (Sl 6:1).

“então, se arrependeu o SENHOR de ter feito o homem na terra, e isso lhe pesou no coração.” (Gn 6. 6). Deus é descrito aqui se arrependendo, como se tivesse cometido um erro.

Esse tipo de descrição é usada para facilitar a nossa compreensão, já que temos um conhecimento apurado do nosso mundo e suas particularidades, e um conhecimento pouco apurado das realidades das coisas de Deus. Assim, os autores bíblicos utilizaram expressões que facilmente compreendemos para descrever Deus e suas ações na história.

Note que a Bíblia deixa claro que Deus é Espírito e, sendo assim, não tem formas humanas. “Deus é espírito; e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade.” (Jo 4. 24)

A Bíblia também ensina que Deus não é ser humano e nem erra para que se arrependa. “Deus não é homem, para que minta; nem filho de homem, para que se arrependa. Porventura, tendo ele prometido, não o fará? Ou, tendo falado, não o cumprirá?” (Nm 23. 19)

Assim, a figura de linguagem chamada de antropomorfismo ou antropopatia nos ajuda a compreender os textos bíblicos onde os autores buscaram explicar Deus, em toda a Sua complexidade, através de nosso vocabulário e conhecimento limitados.

FONTE: http://www.esbocandoideias.com/2011/06/deus-se-arrepende-tem-boca-olhos.html

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

INSPIRAÇÃO NAS ESCRITURAS


 

1 - Definição: Inspiração é influencia do Espírito Santo de deus sobre as mentes dos escritores da Bíblia que fizeram dos escritos o registro de uma revelação divina progressiva, suficiente quando tomada no seu conjunto e interpretada pelo mesmo Espírito que os inspirou a dirigir cada inquiridor a Cristo e a Salvação.
 
2 - Prova da inspiração: O mesmo Espírito que originalmente comunicou a verdade presidirá a sua publicação até onde for necessário para cumprir seu propósito.
 
 
TEORIAS SOBRE A INSPIRAÇÃO
 
1 - Teoria da Intuição: Sustenta que a inspiração é apenas um desenvolvimento do discernimento da verdade que todos os homens possuem em certo grau; um modo de inteligência em matéria de moral e religião que dá surgimento aos livros sagrados, ou seja, um produto do homem sem influência divina.
 
2 - Teoria da iluminação: Considera a inspiração simplesmente como uma intensificação e elevação das percepções religiosas do cristão pelo Espírito Santo.
Sustenta que a Bíblia não é a Palavra de Deus, mas contem a Palavra de Deus e que os escritores são inspirados e não os escritos. A iluminação põe o escritor inspirado em plena posse dos seus poderes normais.
A iluminação do Espírito santo não dá nenhuma verdade nova, mas só uma apreensão da verdade já revelada.
 
3 - Teoria do ditado verbal: Essa teoria consistiu no Espírito Santo possuir as mentes e corpos dos escritores da Bíblia, para que eles se tornem instrumentos passivos a pena e tinta.
 
4 - Teoria dinâmica: A inspiração não removeu, mas investiu para o seu próprio serviço todas as peculiaridades pessoais dos escritores como todos os seus defeitos de cultura e estilo literário.
 
          Toda a imperfeição não inconsistente com a verdade na composição humana pode existir na Escritura inspirada. A Bíblia é a Palavra de Deus no sentido de que ela nos apresenta a verdade divina nas formas humana e é uma revelação não para uma classe seleta, mas para mente comum. Corretamente entendida, esta própria humanidade da Bíblia é prova da sua divindade.    
 
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
STRONG, Augustus H. Teologia Sistemática (vol.I). São Paulo: Hagnos, 2003
 

domingo, 3 de agosto de 2014

O TEMPLO JUDEU SERÁ RECONSTRUIDO

           

          A Bíblia garante que, no final dos tempos, o templo judeu será reconstruído em Jerusalém. A Bíblia relata que dois templos já foram construídos e destruídos. 

São eles:


  • O primeiro templo foi construído por Salomão e destruído em 586 A.C.
  • O segundo templo foi construído em 535 A.C. por autorização de Artaxerxes  e destruído em 70 D.C. pelos romanos

          Haverá então um terceiro templo judeu. O próprio Senhor Jesus assim disse em Mateus 24:15, referindo-se ao templo como o lugar santo:
  • Jesus disse em Mateus 24:15 "Quando, pois, virdes que a abominação da desolação, de que falou o profeta Daniel, está no lugar santo; quem lê, atenda [a isso];"                                                           
  • Daniel 11:31 "E [na terra santa] braços serão colocados sobre ele, que profanarão o santuário e a fortaleza [espiritual], e tirarão o sacrifício contínuo [ofertas diárias de holocausto], estabelecendo abominação desoladora [provavelmente um altar para um deus pagão]."               
  • 2 Tessalonicenses 2:3-4
    "Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia [ao menos que o grande e previsto dia da partida daqueles que professaram a fé para tornarem-se cristãos tenha chegado], e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição (condenação), O qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus."                                                   
  • Apocalipse 11:1-2
    "E foi-me dada uma cana semelhante a uma vara; e chegou o anjo, e disse: Levanta-te, e mede o templo de Deus, e o altar [de incenso], e [o número dos] os que nele adoram. E deixa o átrio que está fora do templo, e não o meças; porque foi dado às nações, e pisarão a cidade santa por quarenta e dois meses."

       O local exato onde o templo judeu deveria estar construído é onde hoje está a mesquita (aquela com a cúpula dourada que aparece em todas as fotos de Jerusalém). Esse local é onde está a pedra angular da construção do templo judeu. Esse é um impasse nos dias de hoje para a reconstrução, mas a Bíblia garante que o templo será reconstruído mesmo assim.

          Não é possível prever precisamente se a reconstrução do templo será antes ou depois do Arrebatamento. Alguns estudos sugerem que será depois. O que é possível dizer hoje é que os judeus pretendem mesmo reconstruir o templo.

       Existem organizações e movimentos dos judeus ao redor do mundo para que essa finalidade se cumpra. Thomas Ice e Randall Price citam, em seu livro Ready to Rebuild: The Imminent Plan to Rebuild the Last Days Temple (Pronto para reconstruir: O plano iminente para se reconstruir o Templo dos últimos dias), mais detalhes de que a reconstrução do templo pode mesmo ocorrer num futuro próximo.

Fonte:http://www.tempodofim.com/sinais/sinal8.htm